CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Guerra



Quando a guerra acabar restarão muitos corpos ensopados de sangue em meio ao entulho. Não estarei lá para ver qual bandeira tremulará, quisera ver a da paz tremulando hoje. Um pouco mais e o som das bombas cessará, mas as mães desfilhadas ainda prantearão e os órfãos gritarão por seus pais que a guerra roubou.
Quantos tombam nas trincheiras nem sabem qual a razão de tanto ódio: Ontem éramos todos irmãos, hoje somos inimigos: Cada um que chame o outro de bastardo. Afinal, quem acredita que a guerra é o caminho para estabelecer a paz? Será que existe alguém tão estúpido assim? Penso que não.
Um dia a terra, já cansada de beber o sangue de tantos homens, abrirá sua boca e engolirá os restantes e, nunca mais se fará guerra.
Haja paz entre os homens!
(Mestre Iscmoh)

6 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do texto,parabéns pra você,muito bom seus texos....

Anônimo disse...

muito fixe o texto

comprimentos

Anonymous disse...

muito fixe o texto

comprimentos

Anônimo disse...

hi!!!

Vinycross2009 disse...

retrata a realidade
bom texto.

Isaac Marinho disse...

Parem de copiar e publicar meus textos em outros espaços sem mencionar o autor ou fazer referência a este blog, por favor!

Não custa nada dizer de onde copiou.

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!