CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

O que fizemos



O que fizemos de nós dois ontem e depois? Fizemos tudo menos o certo; deixamos de lado nossos sentimentos e desistimos dos nossos sonhos. Apostamos no individualismo egocêntrico, fizemos pouco caso dos nossos votos de fidelidade; rasgamos as fotos um do outro e queimamos os pedacinhos. E cada um quis seguir seu caminho, morremos ali.

Eu não paro de beber e já fumei tanto que nem sei se ainda tenho pulmões. Não pago as contas, me alimento muito mal, evito os amigos; nada tem graça sem você, é por isso que tento me destruir.

Você devia ter escolhido outra hora para partir, mas eu te perdôo; você não poderia evitar, ninguém poderia. Agora eu estou pensando alto aqui neste ônibus e o passageiro do lado, não sei se você escutou, disse baixinho: "Você deveria tentar reatar com ela". Ele está quase certo; eu tentaria se você não estivesse nesta urna e, eu não estivesse indo te espalhar nas águas daquele lago do parque onde nos encontramos pela primeira vez.

O que fizemos de nós dois?

4 comentários:

Anônimo disse...

este texto me lembra um filme....
p.s: eu te amo!
hehehhehe
não é!?
=**

Isaac Marinho disse...

E é? =)
Não estava pensando em um filme quando escrevi, nem lembro de algum ao ler o texto. Mas quem sabe? Só examinando a memória residual... =D
Obrigado por comentar!
Um abraço.

Isaac Marinho disse...

E é? =)
Não estava pensando em um filme quando escrevi, nem lembro de algum ao ler o texto. Mas quem sabe? Só examinando a memória residual... =D
Obrigado por comentar!
Um abraço.

Anonymous disse...

este texto me lembra um filme....
p.s: eu te amo!
hehehhehe
não é!?
=**

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!