CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

terça-feira, 12 de maio de 2009

Melancólico



Falta-me ânimo para tudo
E nada faço, me ponho estático.
Não sou de pedra nem sou de plástico,
Mas o desânimo me deixa mudo.

Inerte, espero que nada ocorra;
Que a vida siga o seu caminho.
Por este instante sou tão mesquinho;
Terei alívio... caso eu morra.


10 comentários:

Srta. Butterfly disse...

Oi..

Andas tristonho? =/
São coisas da vida, existem épocas em que a gente vive só pela obrigação de existir..
Mas o bom da vida é que de repente,Bum!! Tudo muda...=)

Que mude logo...
Bju,tamagotchi meu!
;)

Isaac Marinho disse...

É a vida...

Olá, borboletinha!

Nada demais, a gente passa por momentos de tristeza, mas passar não é permanecer.

Se todos os dias fossem iguais, que graça teria a vida? =D

Obrigado por comentar.

Um abraço.

Thaiany Miranda disse...

se ocorrer, quem vai encontrar seus texto para nós??

;)

Isaac Marinho disse...

Olá, Thaiany!

Hum... eu não havia pensado nisso. =|

Obrigado pelo comentário. =)

Volte sempre!

Um abraço.

Thaiany Miranda disse...

Gostei da forma que vc escreve
:)

Isaac Marinho disse...

Em resposta...

Fico feliz por você apreciar meus textos e meu jeito de escrever.

Muito obrigado.

Abraços.

Isaac Marinho disse...

Em resposta...

Fico feliz por você apreciar meus textos e meu jeito de escrever.

Muito obrigado.

Abraços.

Thaiany Miranda disse...

Gostei da forma que vc escreve
:)

Isaac Marinho disse...

É a vida...

Olá, borboletinha!

Nada demais, a gente passa por momentos de tristeza, mas passar não é permanecer.

Se todos os dias fossem iguais, que graça teria a vida? =D

Obrigado por comentar.

Um abraço.

Booguer Antagonicos disse...

Você escreveu isso tudo, e isso e o que sinto agora... Bem Profundo! Parabéns pelas palavras....

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!