CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Sara



Eu namorei a tua sombra, 
Queria estar sempre mais perto… 
Mas nunca tive essa honra. 
Te amei com amor encoberto.

Te desejava noite e dia 
E te fazia rir talvez… 
Ao te olhar, estremecia. 
De bobo o amor me fez.


– 
A ti, onde quer que estejas.


4 comentários:

Debyys disse...

Cheio de mistérios... mesmo com muitos critérios... suas paixões, seus amores, suas lembranças... nos deixam a par de uma vida cheia de recomeços. Beijo, te amo.

Isaac Marinho disse...

É, esse não foi um "vai que cola"... =D

Olá, Débora! ;)

Desta feita inspirei-me em um dos meus amores do baú...

Há certas lembranças, indolores, de amores que não foram - mas poderiam ter sido - que me fazem parar para pensar e, às vezes, escrever. =)

Obrigado pela visita e pelo comentário!

Também te amo. Beijos.

Anônimo disse...

hank for this very good web log! I totally appreciate it!

Debyys disse...

Cheio de mistérios... mesmo com muitos critérios... suas paixões, seus amores, suas lembranças... nos deixam a par de uma vida cheia de recomeços. Beijo, te amo.

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!