CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Para uma guria



Estava tão distraído que esqueci de mim mesmo e quase não acordei a tempo de ir trabalhar. Consegui passar a roupa e me vestir, preparar meu café e consumi-lo; sendo que entre essas duas coisas, lembrei de tomar um banho. Pensei nas pendências do dia, pensei no que poderia fazer depois do trabalho, pensei em você.

Não queria ser tão piegas, mas doeu um bocado pensar em você. Foi como ter a ressaca de tomar uma grade de cerveja tendo bebido apenas um gole; se bem que nós dois sabemos que eu não bebo, e essa comparação ficou fantasiosa demais. Mas é isto. Eu continuo exagerando, minhas "viagens na maionese" têm sido mais frequentes, e tem sido difícil não ter com quem discutir minha "filosofia de beira de estrada"; tenho produzido muito nesses dias, só me falta alguém com ouvidos hábeis como os seus, para ouvir e ser capaz de rir e compreender ou não, e debater ou desistir de fazê-lo sem sentir-se incomodado... enfim, alguém que me suporte.

Às vezes eu sinto aquela vontade de cantar, mas sei que você não estará lá para acompanhar, atrapalhar, criticar, fazer barulho ou rir de mim. Que falta que você me faz. Está tudo "legião urbana", porque você não está por perto... Eu sei que a gente ainda vai voltar a se ver; sei que essa ausência não vai durar a vida inteira, só que eu não consigo evitar toda essa "crise de necessidade de você".

Estou esperando, contando os dias, pra te ver de novo. Quero mais da alegria que você traz no sorriso, da energia que você transmite em cada gesto, do calor do seu abraço sincero, das frases inesperadas e das caras e bocas... Também quero muito te dizer todas aquelas ambiguidades constrangedoras, pra te ver corar, e quero te fazer saber que a sua amizade é algo de valor inestimável. No uso das minhas atribuições, e lançando mão de termos mais conhecidos (a velha "frase batida"), posso dizer que... VOCÊ É UMA GURIAZINHA MUITO LEGALZINHA! Ou melhor, LEGALZONA.

Abraços.


Nota: O conteúdo das linhas acima é destinado à leitura e apreciação de quaisquer entendores e/ou adeptos da filosofia de vida e das expressões isaackianas.

Observações: De fato o texto, se é que pode ser chamado assim, parece uma redação infantil, mas faz parte das minhas "habilidades conhecidas", pensar como um guri de calças curtas.
Não, eu não recebi nenhum espírito... e também não sou pedófilo!
A guria em questão é maior de 18 anos. =D

6 comentários:

Srta. Butterfly disse...

Oi..=)
O texto pode ter sim seu lado um pouco "infantil" mas achei de uma sinceridade linda!

É sempre bom lembrar a um amigo o quanto é bom ter ele por perto..ainda mais quando eles estão longe de nós!!

Lindo texto!!
Continuo "te lendo"

Bjus moço!!
=]

Isaac Marinho disse...

E é, né?
Olá, minha querida "borboleta"!

Pois é, é sempre bom lembrar a importância dessas pessoas especiais. =)

Eu ainda estou sem um acesso satisfatório à internet, assim que puder colocarei mais textos, com uma frequência maior, e também voltarei a visitar o "Devaneios" diariamente.

Obrigado por comentar.
Volte sempre!!! [^_^]


Abraços.

Kiara Guedes disse...

adoro essa coisa desesperada q temos (?) de nao querer o piegas, o clichê o blablabla, mas fala ai... esses são as vezes, ou todas elas (as vezes, e tbm senmpre e nunca) nosso melhor. Ai caramba! falei! rs
Bjs, meus.

Isaac Marinho disse...

Respondendo...
Olá, Kiara!

Pois é, é bom dizer o que sentimos, a forma depende do momento. E não importa se é piegas ou clichê ou blábláblá, o que importa é que o outro entenda. =)

Sempre que puder, venha encontrar os "textos que perco por aqui". =)

Obrigado por comentar.

Abraços.

Isaac Marinho disse...

E é, né?
Olá, minha querida "borboleta"!

Pois é, é sempre bom lembrar a importância dessas pessoas especiais. =)

Eu ainda estou sem um acesso satisfatório à internet, assim que puder colocarei mais textos, com uma frequência maior, e também voltarei a visitar o "Devaneios" diariamente.

Obrigado por comentar.
Volte sempre!!! [^_^]


Abraços.

Isaac Marinho disse...

E é, né?
Olá, minha querida "borboleta"!

Pois é, é sempre bom lembrar a importância dessas pessoas especiais. =)

Eu ainda estou sem um acesso satisfatório à internet, assim que puder colocarei mais textos, com uma frequência maior, e também voltarei a visitar o "Devaneios" diariamente.

Obrigado por comentar.
Volte sempre!!! [^_^]


Abraços.

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!