CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

domingo, 5 de abril de 2009

Madeira



Os anéis do teu tronco
Marcam o tempo, contam os anos.
Tuas folhas vivem pouco,
Mas ensinam muito ao povo.
Os teus frutos alimentam,
Tua sombra é amparo:
És amiga, mestra e mãe;
Nos acodem, teus cuidados.
E o que um mero homem,
Desprovido de afeto,
Faz de ti, querida amiga?
Vigas, ripas, caibros, teto?
Se o homem mata a mata,
Haverá um mata-mata;
Pois aquele que te mata
Morrerá depois, por certo.
Seja Jatobá ou Cedro,
Seja Ipê, seja Pau-ferro...
Seja lá qual for teu nome,
Deve muito a ti, o homem,
Mas te paga com um berro:

Madeeeeeeeiiiiiiiraaaa!!!


Nota: Se quiser pensar melhor sobre o assunto, siga os links abaixo.
SOS Mata Atlântica
WWF - Brasil
Ama Natureza


3 comentários:

Kiara Guedes disse...

aaaaaaaaaaaaa, fundo branco... coisa boa para uma boa miope... rs

Kiara Guedes disse...

Madeira? Salve-se quem puder!...

Isaac Marinho disse...

Respostando...

Olá, Kiara!

Gostou mesmo da nova cara do blog?

É, salve-se quem puder; E quem puder salve o que puder ser salvo...

É bom te ter por aqui.

Obrigado por comentar.

Abraços.

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!