CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

sábado, 11 de abril de 2009

À beira da loucura



Hoje estou à beira da loucura;
Deixo os pés sentirem a correnteza,
E há de se notar que na leveza
Passo a ignorar a vida dura:
O amargor se torna em doçura
E no terror lampeja uma beleza.
Mas se restar em mim qualquer tristeza,
Mergulharei de vez nessa loucura.


2 comentários:

Srta. Butterfly disse...

De volta!!!

E não foi porque pediu não, tá?

Foi porque não consigo ficar longe de seus poemas =)

Prefiro mergulhar na loucura do que viver na escuridão da tristeza...

Lindo poema, querido tamagotchi!!
Fica bem!!

Isaac Marinho disse...

Sei que não foi... ¬¬'

Olá, querida borboleta!

Pois é, uma loucura é melhor que uma sensatez recheada de tristeza...

Obrigado por comentar.

Volte sempre.

Abraços.

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!