CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

segunda-feira, 19 de março de 2012

Aquém do Sol



Vivo sob um abajur, 
Sem saber o que há em volta, 
À meia luz, 
Entregue ao desencanto. 
Restam-me só 
A vida, a morte e o sono. 
Este último 
(Que é vida e morte, 
Que dá-me sonhos 
Meio claros, 
Meio escuros) 
Faz-me esquecer 
Que vivo sempre 
Aquém do Sol.


0 comentários:

Contribua

pensador.info

deviantART

Parceiros

Divulgue!

create your own banner at mybannermaker.com!

Copie este código para exibir meu banner no seu site:

Livros que estou lendo...

PerguntaÊ!